Azul quer comprar ativos da Avianca Brasil por US$ 105 mi

A Azul S.A. informou via comunicado esta manhã que assinou uma proposta não-vinculante no valor de US$ 105 milhões para a aquisição de alguns ativos da Avianca Brasil por meio de uma Unidade Produtiva Isolada (UPI) de acordo com a Lei de Falências e Recuperação Judicial. A UPI incluirá ativos selecionados pela Azul como “o certificado de operador aéreo da Avianca Brasil, 70 pares de slots e aproximadamente 30 aeronaves Airbus A320”.

A Azul destaca que “o acordo é não-vinculante e que o processo de aquisição da UPI está sujeito a uma série de condições, como a conclusão de um processo de diligência, a aprovação de órgãos reguladores e credores, assim como a conclusão do processo de Recuperação Judicial. A expectativa é que esse processo dure cerca de três meses”.

A Azul, que segundo o mercado deve ser anunciada em breve como a representante brasileira no joint business agreement entre United, Copa e Avianca Colômbia, ficaria assim com esses ativos da Avianca Brasil, e aumentaria seu tamanho e participação no Brasil. Algo similar ocorreu no passado quando a Gol comprou ativos da Varig, mas em um momento mais tardio da recuperação judicial.

A Avianca Brasil está em recuperação judicial desde dezembro, e já anunciou um plano de redução de frota, com foco na malha doméstica (seus voos internacionais terminam no fim deste mês). A empresa vem enfrentando problemas para o pagamento de funcionários, mas vem mantendo a operação de seus voos dentro da regularidade. A chegada da proposta da Azul aceleraria o término do processo de RJ.

 

Fonte: Panrotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *